Você conhece a Monkix Comic Shop?

Quem é de São Paulo ou está de passagem por aqui, não pode deixar de dar uma passadinha na livraria Monkix! Musiquinha agradável, espaço legal e, o mais importante, estantes repletas do melhor do quadrinho nacional. Apesar da predominância dos brasileiros, você vai encontrar uma infinidade eclética de títulos por lá.

No fim do post tem uma entrevista exclusiva com o Marcelo Bicarato, proprietário da Monkix 😉
Continuar lendo

19 Perguntas para Sidney Gusman

Sidney Gusman é um dos principais nomes do cenário nacional de quadrinhos. Hoje, ele é coordenador editorial da Mauricio de Sousa Produções, o homem por trás da trilogia ‘MSP 50‘, ‘MSP +50‘ e ‘MSP Novos 50‘ e do selo Graphic MSP, que já lançou seis álbuns – ‘Astronauta – Magnetar‘ e ‘Astronauta – Singularidade‘, de Danilo Beyruth, ‘Turma da Mônica – Laços‘, de Vitor e Lu Cafaggi, ‘Chico Bento – Pavor Espaciar, de Gustavo Duarte, Piteco – Ingá, de Shiko e ‘Bidu – Caminhos‘, de Eduardo Damasceno e Luís Felipe Garrocho.

Desde 1990, Sidney escreve sobre quadrinhos para diversos jornais, revistas e site do Brasil. Em 2000, ele criou o Universo HQ, oito vezes vencedor do prêmio HQMix. Trabalhou como editor na Editora Conrad (2001-2003) e na Panini Comics, editando a revista Wizard (2003-2006).

Em 2006, recebeu de Mauricio de Sousa uma proposta para comandar a área de planejamento editorial da MSP, com foco na criação de novos produtos.

Fui à Mauricio de Sousa Produções e bati um papo com o Sidney. Você acompanha alguns trechos da entrevista aqui:

'Piteco - Ingá', 'Bidu - Caminhos' e Turma da Mônica - Laços'

‘Piteco – Ingá’, ‘Bidu – Caminhos’ e ‘Turma da Mônica – Laços’

Continuar lendo

13 perguntas para Gustavo Borges

Bati um papo com o jovem quadrinista porto-alegrense Gustavo Borges, autor de ‘A Entediante Vida de Morte Crens‘ (2013) e ‘Edgar: Em Busca da Força dos Ventos‘ (2014). Para esse ano, o gaúcho planeja o lançamento de ‘Pétalas‘, que tem cores da colorista Cris Peter. Confira a entrevista!30 minutos Gustavo, quando você começou a fazer webcomics? Por quê?

A decisão de fazer tiras foi bem calculada, porque eu já queria fazer alguma coisa ligada a quadrinhos, mas que fosse mais rápido e eu pudesse mostrar para as pessoas. Tirinha é muito rápido, então, era algo que eu poderia ter resultados rapidamente. Eu poderia acompanhar a minha evolução ao longo de dez ou vinte tiras. Eu queria ver esse meu desenvolvimento e queria ver também como seria a aceitação do público. No começo, eu não queria me dedicar a alguma coisa grande e difícil, até porque seria complicado imprimir ou disponibilizar na internet. Eu demoraria pra ter um feedback do público. Enfim, tudo isso pesou quando optei por fazer tiras. Continuar lendo

12 Perguntas para Luciano Salles

Pra inaugurar o blog, bati um papo com o artista paulista Luciano Salles. Dono de um traço e técnicas narrativas muito próprias, ele é escreveu e desenhou ‘L’Amour: 12 oz.’ (2014), ‘O Quarto Vivente‘ (2013) e ‘Luzcia – A Dona do Boteco‘ (2012), que está esgotada, mas você pode ler aqui. Em outubro 2015, Luciano vai lançar uma nova HQ: ‘Limiar: Dark Matter‘. Confira a entrevista!

Luciano, como você escolheu fazer quadrinhos? Foi uma decisão repentina ou algo pensado?

Apesar de ter me formado em engenharia civil, trabalhado um pouquinho na área e trabalhado também 12 anos em banco, eu sempre desenhei. Me alfabetizei com quadrinhos, desenho desde muito novo. Onde eu estive, a arte esteve comigo. Quando eu saí do banco, porque lá já não dava mais pra mim e porque fiquei doente, fazer quadrinhos foi natural. Ou era isso ou era isso.

Continuar lendo